Saúde

O perigo das Verminoses

 Ratos também pode ter vermes e protozoários intestinais.

 Esse parasitas internos habitam o trato gastrointestinal dos ratos e podem causar sérios problemas de saúde.

 

 Os ratos podem ter tanto helmintos, que são parasitas multicelulares, quanto protozoários que tem apenas uma célula e costuma se multiplicar mais rapidamente.  

 

 É comum encontrar mais de um tipo de parasita intestinal infectando um mesmo rato.

 

 Na maioria das vezes os ratos só passam a apresentar sintomas quando já existe uma grande infestação por parasitas.

 Os ratos podem se contaminar através de alimentos mal higienizados, falta de higiene no alojamento, contato com a pulga ou piolho, contato com fezes de outros ratos infectados e também de outros animais, além de água contaminada.

As mães também podem transmitir os parasitas para os filhotes durante a gestação ou pelo leite materno.

 

 

 Sintomas:

Diarreia

Fezes com muco

Perda de peso

Aumento ou perda do apetite

Presença de vermes nas fezes

Abdome distendido

Dor abdominal

Lesões graves ou perfurações intestinais

Anemia

Lamber a região genital com frequência

Aumento do fígado e cistos hepáticos

Prolapso de reto

Apatia

Desidratação

 

 

 Diagnóstico:

 O exame de fezes é a forma de diagnóstico utilizada para verificar a presença e o tipo de parasita intestinal que pode estar infectando o rato.

 

 Tratamento:

 O tratamento é feito com vermífugos e/ou anti protozoários dependendo de cada caso.

 

 Mas é muito importante que seja indicado por um veterinário de confiança. Nunca medique um rato sem orientação. A medicação ou a dose errada pode causar intoxicação grave e até a morte.

 

 Os outros ratos da mesma colônia também precisam ser tratados ao mesmo tempo para que não aconteça uma reinfestação.

 Prevenção:

 

 Higienizar corretamente a gaiola e os alimentos.

 

 Manter outros animais da casa desparasitados.

 

 Oferecer apenas água mineral ou filtrada.

 

 Fazer a vermifugação semestral dos ratos ou com a frequência recomendada pelo veterinário.

 

  Antes de adicionar um novo membro a colônia, leva-lo ao veterinário para um check-up para verificar se não apresenta verminoses e nem outros problemas de saúde.