Comportamento

 

 

 

 

 

 São roedores muito ativos, dóceis, de hábitos noturnos e que precisam de exercícios regulares. Por isso precisam ser soltas pra se exercitarem.

 

 Mas é sempre importante que sejam monitoradas ao ser soltas para evitar acidentes como roer fios, sofrer quedas ou derrubar coisas. E para solta-las também é preciso verificar se não há risco de fugas.

 

 Como são ótimos escaladores podem subir facilmente em uma janela aberta e sofrer uma queda.

 

 

 Ao serem confinadas sem se exercitarem por longos períodos costumam apresentar problemas comportamentais.

A

 o contrario do que muitos imaginam, chinchilas nem sempre vivem bem em grupos.

 As fêmeas são dominantes e podem brigar por seu território com outras fêmeas ou até com machos até a morte.

 

 Para conviverem bem é preciso serem adaptados  e a boa adaptação também depende do temperamento de cada individuo.

 

 Mesmo animais que vivem juntos podem começar a brigar ao se tornarem adultos.  Isso também vale para casais.

 

 

 

 Por isso é muito importante conhecer  o comportamento de cada individuo e só mante-los juntos quando tiver certeza que não há risco de brigas.  E ao perceber sinais de agressividade entre eles, separe imediatamente.

 

 São animais que interagem muito bem com as pessoas, reconhecem seus tutores e gostam de carinho.

Dra. Anna Carolina G. Neves 
Médica Veterinária
   CRMV 13614
 É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DOS ARTIGOS E IMAGENS PRESENTES NESSE SITE  SEM AUTORIZAÇÃO EXPRESSA DO AUTOR.